Domingo, 1 de Abril de 2007

Queria ser transparente para ti. Ser transparente de tal forma que conseguisses ver todos os sentimentos dentro de mim.

 

Queria que soubesses lêr os meus sinais... Queria saber interpretar os teus... Para que não houvesse dúvidas, para que pudesse deixar as dúvidas para trás...

 

Estou presa neste limbo, neste centro onde nem é não, nem é sim... Magoas-me, fazes-me rir, esqueço-te, quero ser tua para sempre...

 

Que é isto que despertas em mim? Esta vontade de te agradar que acho que não percebes...

 

Porém, como te posso fazer entender, se nem eu própria defini este sentimento?

 

Faz-me falta a transparência, onde as palavras são inúteis e tudo se torna simples.

 

Essa transparência que ambiciono onde a poderei encontrar? Como te farei compreender a confusão que se formou em mim? E como a desmitificarei?

 

Porque me deixas assim? Entre a lágrima e o sorriso, entre a agonia e a felicidade... Que poder lançam sobre mim esses teus olhos, essas tuas palavras?

 

Porque somos tão compactos, tão sólidos, tão impenetráveis? Tão fixos nas aparências? Porque não voam as nossas almas, puras e claras? Para que pudessemos ser transparentes, claros e objectivos...

 

Por favor, sê transparente para mim... Eu para ti o serei... Clara, sincera, transparente...

 

I wish you could see all that you mean to me, but I can never find the words to tell you.

________________________________________________________________

Só para conhecerem a minha estupidez:

 

Como devem saber hoje é o dia das mentiras... E eu já tive a minha dose... Quando abri a net, a primeira coisa que fiz foi lêr as notícias do Harry Potter, como faço sempre, no mugglenet.com. A primeir entrada tinha o título: MuggleNet reviews 'Deathly Hallows'. Então não é que aqueles malucos começam a dizer que tiveram uma preview do sétimo livro?! Comecei a lêr, com o coração aos pulos, os comentários que eles faziam aos livros... Achei algumas coisas estúpidas como a Hermione a virar-se para o dark side, e o Harry a tropeçar numa fatia de bolo de cenoura e a partir a pélvis... Agora, parece estúpido, mas quando estava a lêr, com a adrenalida, nem me ocorreu que fosse mentira... Cheguei a aqui, toda contente, e comecei a escrever um post sobre o que tinha lido... Já a meio do texto é que percebi...É O DIA DAS MENTIRAS!!! GOD!  E comecei a rir-me sozinha da minha estupidez... Juro que acreditei mesmo...

 

And by the way, Happy Birthday Fred and George (é só simbólico, não pensem que sou doida...)


Estou: estúpida por ter acreditado
My Soundtrack: My Angel - Plus 44

publicado por Night_Angel às 10:54 | link do post

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



MiM
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Secret #2

Secret #1

I can't deny it

[my mind is out of contro...

when words escape me

Argumentos de Loucura

Hopelessly

This is so fucking stupid...

Confessions #6

I Crave for You

arquivos

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds